blogger | gmail | blogs | os autores

Eficácia....mais uma vez (2)

Lá volto eu à eficácia das regras dos anglo-saxónicos, pelo menos no campo desportivo. E, se calhar, nos outros também....



No primeiro postal, com este mesmo título, referi o caso de Serena Williams ter tido um comportamento incorrecto num jogo e ter sofrido uma punição que a levou à derrota.



Pois o filme não acabou ali, e, agora, veio a continuação. Apanhou uma multa de 55 000€ a pagar já e, durante dois anos, terá uma multa suspensa de 115 000 € acrescidos da proibição de participar no Open dos USA, se reincidir em maus comportamentos. Lindo, conforme se pode ler aqui!



E façamos as devidas comparações connosco, com o nosso País, onde já vamos em 5autoestradas5 cujos contratos não foram validados pelo Tribunal de Contas, a quem compete dar um visto prévio.



Prévio? Mas o que é isso de prévio? As estradas não estavam todas já a ser feitas? E alguém apanhou multas? Isso parece que não, mas já li um artigo em que um senhor, ligado às construtoras, vem dizer que se as obras paravam teriam de ser indemnizados pelo Estado. Ou seja, não fazem a obra e recebem, depois de assinar um contrato que deveria ter, PRÉVIAMENTE, visto do Tribunal de Contas.

Olha, não sei que vos diga, mas não direi, como a Teresa, que estou a pensar mudar-me...



2 Comments:

  1. João Banderas Nogueira said...
    Bom, pelo que vi no videoclip, só posso chegar a uma conclusão:
    - Em algumas Escolas de Portugal, se a juíza que foi ameaçada fosse um professor, a juíza principal fosse o Director da Escola e os dois responsáveis da organização fossem do Ministério da Educação, a coitada da juíza ameaçada tinha que se "aguentar à bronca" com os insultos, levava um "chá" do Director (não consegue controlar os alunos, etc), corria o risco de processo disciplinar por parte do Ministério e ainda era capaz de aparecer a família da Sabrina para tirar satisfações com o Professor.
    Obs: Se o aluno fosse do Ensino Profissional e o professor tivesse o cartão do PS, era tudo ao contrário. Obviamente.
    R de Rui said...
    Excelente comentário. Muito bem observado. Este video clip, e os respectivos resultados daquela atitude, deveria passar a fazer parte dos regulamentos internos das escolas, sendo as multas aplicadas aos pais dos menores. Sem trocar os nomes às pessoas (sim, porque a madama chama-se Serena - embora não pareça - e não Sabrina, que, para além de nome próprio, é, também, uma espécie de chanata usada na ginástica e não só) tenho a certeza que haveria muito Pai e muita Mãe a pôr mão no respectivo rebento. O que só lhes faria bem!

Post a Comment