blogger | gmail | blogs | os autores

A vez de BO

Barack Obama (Democrata) é hoje o 44º Presidente dos Estados Unidos da América vencendo com 52% dos votos e derrotando assim John McCain (Republicano) sem qualquer dúvida, devem recordar-se quando o John Wayne ganhou em finais de 2000 a Al Gore apesar deste último ter tido mais votos!
Uma americanice que permite que um candidato, mesmo não sendo o mais votado, possa ser presidente!
É o que eles chamam de colégio eleitoral.

Não há maior consenso!
BO é o desejado... o Messias!

- 66% dos americanos votantes foram às urnas, recorde que nunca tinha sido ultrapassado desde há 100 anos, J. Fitzgerald Kennedy em 1960 teve uma participação 63,1% e o cowboy teve 55,3% na reeleição de 2004!
- Ohio onde 98% da população é branca elegeu Obama!
- Israel e a Autoridade Palestiniana saúdam-no o que para mim é no mínimo notável e que equiparo a Hitler (se for vivo) a apertar a mão a Obama quando não o fez a Jesse Owens!
- Chavez felicita BO e quer novas relações com os EUA!
- Houve festa em Madrid!
- O Vaticano disse qualquer coisa relacionada com a PAZ!
- Sócrates já deverá estar a embrulhar um Magalhães para mandar por FEDEX para a Casa Branca depois de o ter felicitado também!
- O Quénia decretou feriado nacional! Imagino que o Paul Tergat já tenha provocado alguns feriados também!

A brincar ou a sério o mundo espera muito de BO e teremos mesmo que dar-lhe o benefício da dúvida, a América eleger o primeiro negro da sua história como presidente preferindo-o a um ex-herói do Vietname significa algo muito forte!
Podemos ver o que virá? "Yes, we can"

Como diz a D.ª Rosete vivó Barata Osama!

E eu que em tempos tive BO como o meu desejo maior... BO DEREK!

4 Comments:

  1. lourinaldo said...
    Deixar de ver George W. Bush governar os USA é mesmo um alívio. Como se estivéssemos nos livrando de um castigo do qual não podíamos fugir. Mas não podemos esquecer que apesar de tudo Obama é presidente dos Estados Unidos, e inevitavelmente existe a tendência que em algum momento o mundo comece a criticar suas atitudes uma vez que ser presidente de uma superpotência, implica desagradar a muitos para agradar os seus. Assim como Clinton ao substituir Bush Sr. Obama pode deixar daqui a quatro ou oito anos a presidência dos Estados Unidos como um presidente tão irritante e criticado com Foi o Clinton, ou todos os outros.
    Soraia Santos said...
    Vamos ver se é desta que consigo deixar o meu precioso comentário! Esta foto é poderosa. Mostra um pouco a felicidade dos americanos e o desejo de uma mudança. Todo mundo deseja! Vamos ver o que vai acontecer depois desta euforia inicial. Quanto ao comentário escrito pelo Sr. Lourinaldo, se calhar tem razão mas soa a septicismo. De vez em quando temos que acreditar que coisas boas vão acontecer!!Somos nós que as concretizamos!!
    Anónimo said...
    Este é um verdadeiro lider.
    Move multidões.
    acredito nas suas intenções,vamos ver o que consegue fazer.
    Mas tem o mundo do seu lado.O que só por si é muito importante.
    É uma grande responsabilidade,ter todo o mundo à espera de grandes feitos e mudanças.Algumas conseguirá...outras se tentar já será bom.
    Louri said...
    Olá João, cá estou de volta para agradecer seu comentário e dizer que talvez o ceticismo seja resultado do que se observa em casos semelhantes. Fazer promessas é fácil, eu como brasileiro sei muito bem o que acontece depois de uma eleição. Infelizmente não se trata de má intenção mas, depois que um presidente assume seu cargo fica difícil levar adiante os ideais pregados. Obama falava que removeria imediatamente as tropas americanas do Iraque, depois da vitória já próxima mudou o discurso e falava em algo como um um ano e meio para poder concluir a remoção das tropas. Ora, é claro que não se pode simplesmente remover sua presença de um país que foi tomado como é o caso do Iraque. Este é um exemplo de que intenções não caminham sempre junto com a realidade. Os políticos enfrentam estas dificuldades e muitas vezes precisam seguir o jogo no qual se entra. Aqui no Brasil o presidente Lula representou para a população o que Obama está representando para o mundo agora. Mas depois de seis anos de governo vemos que não é simples eleger um "messias" e ver suas promessas concretizadas.
    ***

    E com relação às praias citadas por você. Acredita que não conheço ainda, aqui perto de casa eu costumo freqüentar o de Gaibu que igualmente linda e agradável.

    Um abraço.

Post a Comment