blogger | gmail | blogs | os autores

TOURADAS-3

O terceiro link “http://matportugal.blogspot.com/2008/09/bloco-de-esquerda-tambm-contra-rodeios.html”, começa assim: "(...)divertimentos bárbaros(as touradas),impróprios de nações civilizadas, que servem unicamente para habituar os homens ao crime e à ferocidade." Passos Manuel (1ºMinistro de D.Maria II)".

Concordo.

Diz também que: “O rodeio é um espectáculo no qual animais são forçados a terem comportamentos agressivos. Através de métodos como a colocação de um sedém (artefacto de couro colocado sobre o escroto do animal), choques eléctricos em zonas sensíveis ou colocação de objectos pontiagudos sobre a sela, os animais exibem um comportamento violento, fora do habitual, pinoteando devido à dor infligida.”

Bom, eu não sabia o que é um “rodeo” mas penso que isto não é tourada, porque se for ….

E agora, chega de touradas. Vou dormir.


4 Comments:

  1. João Paulo Santos said...
    Epá João Pedro tem calma méne eu sou teu amigo, sou dos teus... por mim 'tou farto de touradas:

    Touradas-1
    Touradas-2
    Touradas-2-A
    Touradas-2-B
    Touradas-3

    a somar aos meus.

    Livra... por mim acabem com as touradas de vez... hehehe.

    Volto uns anos atrás e em substituição fico novamente aficionado das corridas mas as de caracóis e de gafanhotos sem aquelas 2 patinhas (as saltitantes) previamente arrancadas (mas sem tortura porque está provado cientificamente que os gafanhotos não sentem dor quando arrancamos as patinhas saltitantes)
    João Banderas Nogueira said...
    Bem a primeira reacção ao teu comentário foi ficar imediatamente bem disposto. E isso é que é importante. Desculpa lá se pareceu excessivo. Mas quando não consigo dormir dá-me para as escrituras. ABC
    João Paulo Santos said...
    Esqueci-me de escrever que eram corridas de caracóis sem casa, arrancava mas também não doi.

    Deixa-te disso, lá ficava chateado, eu gosto é de "levar" na cabeça.

    A ideia era essa mesmo a da boa disposição.

    Sabes perfeitamente que eu vim ao mundo para fazer o bem à humanidade :)
    João Banderas Nogueira said...
    Á mén (isto escrito assim dá um significado completamente diferente à expressão...).
    Então ainda bem que não estavas cá na época dos romanos. Senão, atenção aos leões (do Sporting, claro!).

Post a Comment